quinta-feira, 26 de agosto de 2010

As pessoas são estranhas

A tristeza invade-me enquanto penso nas coisas que acontecem aos que nos rodeiam. E o quanto isso nos afecta. Os amigos, aqueles de longa data. Daqueles que tudo parece bem, a relação estável e o amor incontornável.
Parece. digo bem!

Ele traiu, mentiu e agora está frio e acutilante nas palavras enquanto um processo de divorcio decorre.
Ela vitimiza-se, sente-se traída e vinga-se com jogos em que os filhos são o principais trunfos.

Quatro pessoas que amo sofrem e o meu coração chora de tristeza.

As pessoas são estranhas.

4 comentários:

Doce disse...

As crianças NUNCA e em circunstância NENHUMA devem ser a arma de arremesso.

Caia disse...

Estas situações são tristes e afectam todos que os rodeiam :(

Paula disse...

A tristeza faz as pessoas mudarem que São... ou melhor Não São... a tristeza é lixada!!!!

Beijocas cheias de força***

Masquediabo disse...

Quem paga são sempre os filhos...